USAComment.com
Zicutake USA Comment | Busque Artigos



sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Notícias

Notícias


Reforço? Safadão tieta Tite na CBF

Posted: 28 Oct 2016 09:13 AM PDT

Instagram Photo

 

O técnico Tite recebeu uma visita ilustre nesta quinta-feira: o músico Wesley Safadão, fã de futebol e bom de bola, foi até a sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, e posou para fotos com o treinador. O cantor cearense vestiu a camisa 10 da seleção brasileira e até se candidatou para as próximas convocações. “Avisa que é Safadão na Seleção! #Tite #VaiSafadão #VaiSeleção #Camisa10”, escreveu. Safadão ainda tirou fotos com alguns dirigentes, incluindo o presidente Marco Polo Del Nero. 

Instagram Photo

 

Curiosamente, o nome de Safadão foi bastante gritado na última partida da seleção em casa, em Natal, graças à semelhança do cantor com o atacante Roberto Firmino, autor de um dos gols na goleada sobre a Bolívia por 5 a 0. Na ocasião, o atacante do Liverpool disse ser fã do cantor e admitiu a influência no corte de cabelo. 

Instagram Photo

 

Wesley Safadão é flamenguista, sonhou em ser jogador de futebol e constantemente demonstra seu talento para o esporte em partidas beneficentes – e até em seus shows.

 


Arquivado em:Esporte

Chefes dos Poderes se reúnem para discutir segurança pública

Posted: 28 Oct 2016 09:06 AM PDT

Chefes dos Três Poderes estão reunidos nesta sexta-feira, no Palácio do Itamaraty, para discutir um pacto nacional para a segurança pública. A expectativa é de que além de discutir os temas em pauta, o encontro sirva para amenizar o mal-estar entre o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, causado pelas Operação Métis da Polícia Federal. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e os ministros da Justiça, Alexandre de Moraes, e da Defesa, Raul Jungmann, também participam do encontro.

“Será um momento muito significativo, porque a reunião dos três poderes do Estado e de outros órgãos que vão pensar juntos como resolver a segurança pública do País”, disse o presidente Michel Temer nesta quinta-feira durante entrevista coletiva. “É um tema angustiante para todo o povo brasileiro, daí porque nós todos temos que colaborar”, acrescentou.

De acordo com Temer, embora a segurança pública seja um tema de competência dos estados, será necessário que as autoridades dos Três Poderes juntem esforços para discuti-lo. Serão marcadas também reuniões entre governadores e secretários de segurança para dar continuidade às discussões.

LEIA TAMBÉM:
STF suspende operação contra policiais legislativos do Senado
PF solta diretor da Polícia Legislativa do Senado Federal
Gleisi admite: pediu à Polícia Legislativa para fazer varredura

Para o presidente, o mal-estar criado entre o Legislativo e o Judiciário devido a Operação Métis  já foi resolvido. “Acho que um ambiente de harmonia já está decretado, digamos assim, não vi nada que pudesse agredir aquilo que a Constituição determina e que os poderes, os chefes dos Poderes, têm falado com muita frequência. Aliás, a ministra Cármen Lúcia com muita frequência invoca a ideia da harmonia e da independência dos poderes. As questões que vão surgindo, elas vão se resolvendo pouco a pouco pelos instrumentos institucionais. Como estão sendo resolvidos. Não há desarmonia nenhuma”, afirmou.

A presidente do STF saiu nesta terça-feira em defesa do juiz Vallisney de Souza Oliveira, que autorizou a prisão de quatro policiais legislativos na Operação Métis, após Renan classificá o magistrado como"juizeco". Cármen Lúcia exigiu respeito à categoria. "Não é admissível que, fora dos autos, qualquer juiz seja diminuído ou desmoralizado. Como eu disse, quando um juiz é destratado eu também sou. Exigimos o igual respeito para que tenhamos uma democracia fundada nos princípios constitucionais"

Segundo assessores, a previsão é que o encontro dure menos de duas horas. Pelo cronograma oficial, apenas um representante descerá ao térreo do prédio do Itamaraty para relatar à imprensa o que foi acertado entre os Poderes da República. O presidente do Senado, Renan Calheiros, deve seguir direto para o Estado. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não deve participar do almoço que acontecerá após a reunião já que embarca para o Azerbaijão às 13 horas, para uma missão oficial que termina apenas no próximo dia 3 de setembro.

(Com Agência Brasil)


Arquivado em:Brasil

Karol Conka vai substituir Ivete Sangalo no ‘Superbonita’

Posted: 28 Oct 2016 08:37 AM PDT

A lista de prioridades de Ivete Sangalo agora é outra: a cantora vai sair do Superbonita, programa de beleza que apresenta no GNT, para se dedicar mais à família, principalmente ao filho, Marcelinho, de 7 anos.

A partir do ano que vem, Karol Conka assume o comando da atração, e, na próxima segunda-feira, a própria cantora vai comentar a novidade em um live na página do Facebook do GNT.

Ivete apresenta o Superbonita desde 2015. O programa, que estreou em 2000, já foi apresentado por mais de 15 artistas, entre elas Daniela Escobar, Grazi Massafera, Taís Araújo, Alice Braga e Luana Piovani. Enquanto se despede da atração no canal pago, a cantora se prepara para estrear na atual temporada de The Voice Brasil, no cargo de supertécnica.

(Com Estadão Conteúdo)


Arquivado em:Entretenimento

Ex-miss Finlândia é 12ª mulher a acusar Trump de assédio sexual

Posted: 28 Oct 2016 08:24 AM PDT

Uma ex-miss Finlândia acusou o candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, de abuso sexual em 2006, quando ela representava o país no concurso Miss Universo. Ninni Laaksonen é a 12ª mulher a acusar o magnata de assédio.

Ninni disse ao jornal Ilta-Sanomat que o candidato a agarrou por trás antes dela aparecer ao vivo no programa Late Show with David Letterman, em Nova York, ao lado de outras participantes.

“Ele realmente agarrou minha bunda. Acho que ninguém viu, mas eu realmente parei e pensei: ‘O que está acontecendo?'”, disse Ninni, segundo o jornal.

A acusação ocorre após uma série de alegações de condutas inapropriadas de Trump com outras mulheres nos Estados Unidos, o que coloca pressão em sua campanha, à medida que a eleição de 8 de novembro de aproxima.

O empresário nega as acusações e ameaça processar todas as mulheres que o acusaram de assédio e abuso sexual nas últimas semanas.

Ninni Laaksonen

Ninni Laaksonen (David Handschuh/NY Daily News/Getty Images)

(Com Reuters)


Arquivado em:Mundo

Justiça de SP apura possível esquema em cirurgia de hérnia

Posted: 28 Oct 2016 08:22 AM PDT

A Corregedoria-Geral da Justiça de São Paulo emitiu um alerta para que os juízes do Tribunal de Justiça sejam cautelosos ano analisar processos referentes a supostas irregularidades em ações judiciais contra operadoras de saúde para realização de cirurgias de hérnia de disco. O pedido veio após o órgão receber denúncia de possíveis irregularidades em 120 casos semelhantes.

Os processos foram encaminhados ao recém-criado Núcleo de Monitoramento de Perfis de Demanda (Numopede) por um advogado que defendia o caso de uma operadora de saúde, cujo nome não foi divulgado. As ações provocaram desconfiança por conter uma série de semelhanças.

“Boa parte dos casos tinha os mesmos escritórios (de advocacia), mesmos médicos e os mesmos relatos em varas diferentes. Tudo com muita semelhança, o que chamou a atenção. Por enquanto, são distribuições atípicas. É uma luz amarela que acende para a gente”, explica Leandro Galluzzi, juiz assessor da corregedoria e integrante do Numopede.

Maria Rita Rebello Pinho Dias, juíza assessora da corregedoria que também integra o núcleo, informou que a denúncia chegou há um mês e foi uma das primeiras recebidas pelo Numopede. Na varredura feita, o núcleo encontrou três advogados, três médicos e três fornecedores de equipamentos de alto custo que apareciam com mais frequência nas ações. Os materiais fornecidos eram próteses para cirurgia de hérnia de disco.

“Nosso foco é dar conhecimento aos juízes, mas não investigar se houve ou não a fraude, porque não é a nossa função. Mas o resultado é imediato, quando o magistrado recebe a ação, já sabe que precisa ser mais cauteloso.”

Entidades

Os juízes do núcleo disseram que encaminharam ofício para a Ordem dos Advogados do Brasil, seção São Paulo (OAB-SP), para o Ministério Público Estadual (MPE) e para o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) com informações sobre o caso. O MPE informou que aguarda notificação para poder se posicionar sobre as denúncias. A reportagem entrou em contato com a OAB-SP e o Cremesp, mas as entidades não se manifestaram.

“Queremos evitar a cooptação do Judiciário para que ele, eventualmente, não seja usado como objeto nas ações. Vamos dar conhecimento aos magistrados e aos órgãos competentes para que eles atuem e percebam que isso pode ser a ponta do iceberg”, diz Ana Rita de Figueiredo Nery, juíza assessora da corregedoria e do núcleo.

Prejuízo

Diretor da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), Pedro Ramos diz que ações que contêm irregularidades trazem prejuízos não só para as operadoras de saúde, mas para o Poder Judiciário e para os pacientes. “Está acontecendo uma judicialização indevida. Há escritórios de advocacia e hospitais que forjam a necessidade de fazer cirurgias. Esses procedimentos desnecessários causam sofrimento para as pessoas.”

Ramos diz que, na próxima semana, a associação vai se colocar à disposição do Tribunal de Justiça para contribuir com a apuração dos 120 casos apresentados na denúncia. “A maneira de coibir isso é saber quem são essas pessoas. Vamos oferecer a proposta de submeter todos esses casos a uma junta médica isenta para que os pacientes sejam reexaminados.”

(Com Estadão Conteúdo)


Arquivado em:Saúde

PF defende buscas no Senado: ‘Prédio público não tem foro’

Posted: 28 Oct 2016 07:42 AM PDT

O delegado da Polícia Federal Felipe Alcântara de Barros Leal encaminhou ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), manifestação em que defende a legalidade das buscas feitas no Senado durante a Operação Métis e em que pede que o STF aguarde a análise das maletas antigrampo apreendidas antes de decidir sobre o futuro da investigação que colocou em xeque a atuação de policiais legislativos da Casa.

Nesta quinta, Zavascki suspendeu o inquérito policial da Operação Métis, que levou à prisão policiais legislativos do Senado Federal suspeitos de atuar em contraespionagem para blindar a Operação Lava Jato. Em decisão monocrática, Zavascki determinou que o caso saia da Justiça Federal em Brasília e seja remetido ao STF.

A liminar concedida pelo magistrado atende a um pedido do policial legislativo Antônio Tavares dos Santos Neto, que foi preso na última semana e depois liberado no mesmo dia. Em reclamação enviada ao Supremo, Santos Neto alegava que o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da Justiça Federal em Brasília, que autorizou buscas no Senado, invadiu competência do STF. Segundo a ação apresentada pelo policial, a Operação Métis "atinge diretamente senadores da República" e, por isso, não caberia à Justiça Federal, e sim, exclusivamente ao Supremo, determinar buscas e apreensões nas dependências do Senado.

Na manifestação enviada ao Supremo, o delegado contesta a argumentação do policial legislativo e diz que, no momento, não há indícios de atuação de parlamentares nas tentativas de atrapalhar as investigações da Lava Jato. Ele ainda defendeu que o simples fato de a varredura antigrampo poder ter sido pedida por um político não significa que o caso deva ser deslocado automaticamente ao STF. "A mera subordinação hierárquica per si não pode indicar desde o primeiro momento inafastável participação de parlamentar em atos investigados", argumenta o delegado, que afirma não ser possível um "foro de prerrogativa por extensão" a todos os servidores do Senado subordinados. "Não há foro privilegiado de prédio público", resumiu.

O delegado justificou as buscas no Senado porque, segundo ele, era necessário apreender as maletas de varredura usadas pela instituição e analisar se havia ou não um movimento para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. "Tal aparelho se revela importante meio de obtenção de provas, uma vez que possui registros de memória de dados de rastreamento", afirmou. A intenção dos investigadores, disse, era saber, por exemplo, se as maletas permitem que se ouçam conversas mantidas em telefones sem fio, se cartões de memória com supostas conversas foram trocados e se é possível apagar a memória dos equipamentos para que não haja vestígios de varreduras antigrampo. De acordo com o policial federal, depois de analisado o material apreendido, se houvesse menção a políticos com foro privilegiado, aí, sim, o caso seria remetido ao Supremo.

"Após cumprimento das medidas e análise do material apreendido, seria realizada nova apreciação e, acaso presentes elementos em desfavor de parlamentares, os autos seriam encaminhados ao Ministério Público Federal com sugestão de declinação de competência", disse.

Na última sexta-feira, a Polícia Federal prendeu quatro policiais legislativos suspeitos de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato por terem ido até a casa de senadores em busca de escutas telefônicas. De acordo com a PF,  foram obtidas provas de que o grupo, liderado pelo diretor da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Carvalho, tinha a finalidade de criar embaraços às ações investigativas da PF em face de senadores e ex-senadores. Em uma ocasião, Carvalho ordenou que os policiais da Casa intimidassem a Polícia Federal, que ia cumprir mandado expedido pelo Supremo Tribunal Federal no apartamento do senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL).


Arquivado em:Brasil, Política

Hacker que roubou nudes de famosas é condenado

Posted: 28 Oct 2016 07:30 AM PDT

O hacker que roubou nudes de várias celebridades mulheres, como Jennifer Lawrence e Kate Upton, em 2014, foi condenado nos Estados Unidos a 18 meses de prisão. De acordo com a sentença, Ryan Collins, de 36 anos, nascido na Pensilvânia, acessou ilegalmente mais de 100 contas pessoais da Apple e Google, incluindo de algumas famosas, segundo informou nesta quinta-feira a Promotoria americana.

LEIA TAMBÉM:
10 famosas que tiveram fotos nuas vazadas na internet
Vazam fotos de Jennifer Lawrence, de 'Jogos Vorazes', nua

O vazamento em massa de fotografias nuas e privadas de celebridades foi conhecido como o “celebgate” e afetou, a partir de agosto de 2014, entre outras, Jennifer Lawrence, Ariana Grande, Kate Upton, Kim Kardashian, Rihanna, Scarlett Johansson, Mary Elizabeth Winstead e Kirsten Dunst. Os investigadores identificaram mais de 600 vítimas de Collins, muitas das quais pertenciam à indústria do entretenimento de Los Angeles.

Entre novembro de 2012 e setembro de 2014, Collins enviou e-mails para suas vítimas em potenciais sob o disfarce de um representante da Apple e Google, fazendo com que lhe fornecessem seus nomes de usuário e senhas. Com as respostas, ele acessou ilegalmente as contas e roubou informações pessoais, incluindo imagens e vídeos privados que mais tarde foram veiculados na internet. No mês de maio, Collins já se tinha declarado culpado das acusações.

(Com agência EFE)


Arquivado em:Entretenimento

Polícia prende novo suspeito na morte de brasileiros na Espanha

Posted: 28 Oct 2016 07:27 AM PDT

A polícia da Paraíba prendeu na manhã desta sexta-feira o segundo suspeito de envolvimento no assassinato dos quatro membros de uma família brasileira na Espanha, cujos corpos foram encontrados esquartejados em setembro. Marvin Henriques Correia, estudante de 18 anos, é amigo de François Patrick Nogueira Gouveia, assassino confesso dos tios e dos primos no município de Pioz, na província de Guadalajara, e se comunicou com o criminoso durante as mortes para dar dicas de como esquartejar os corpos.

Segundo a Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Marvin confirmou a participação nos crimes ao enviar informações ao amigo via Whatsapp, reportou o Jornal da Paraíba nesta sexta-feira.

Um amigo de Marvin viu as fotos dos corpos de Marcos Nogueira e Janaína Santos Américo esquartejados no celular do jovem e o entregou à polícia. Com um mandado de busca, os policiais apreenderam o computador de Marvin como evidência no caso.

Os corpos do casal Gouveia e das duas crianças foram encontrados na residência da família em setembro, depois que um vizinho alertou sobre o mau cheiro perto da casa da família, o que fez suspeitar que teriam sido assassinados semanas antes. Na semana passada, Patrick confessou o crime após se entregar à Guarda Civil Espanhola.

Walfran Campos, irmão de Marcos Nogueira e tio de Patrick, contou à Rede Globo que o assassino disse à polícia espanhola que não se lembra de como matou as crianças, de 1 e 4 anos, filhos do casal Gouveia. Segundo Walfran, que retornou ao Brasil depois de acompanhar as investigações na Espanha, o sobrinho não demonstra arrependimento ou remorso pelo crime.

O crime

Segundo o jornal El País, Patrick matou as quatro vítimas da mesma forma: cravou uma faca no pescoço deles, rompendo com precisão a artéria aorta e a jugular, o que provoca a perda rápida de muito sangue. O assassino contou que matou a mulher de seu tio, Janaina Santos Américo e, na sequência, matou depois as crianças. Ele então esperou seu tio, Marcos Campos, chegar do trabalho e o atacou antes que ele  pudesse reagir.

Por fim, Patrick usou uma faca maior para cortar os corpos dos adultos e, em seguida, colocou-os em seis sacos plásticos. Ainda segundo a publicação espanhola, seu DNA foi encontrado nas facas usadas no crime, nos sacos plásticos, e em gostas de suor no chão da casa. A investigação descobriu ainda que o celular de Patrick indicava sua presença em Pioz na tarde de 17 de agosto e na manhã seguinte.

 

 

 


Arquivado em:Mundo

Uber apresenta seu novo sonho: carros voadores

Posted: 28 Oct 2016 07:26 AM PDT

O Uber, serviço americano de reserva de veículos com motorista, apresentou nesta quinta-feira um sistema futurista de transporte que utilizará pequenos aparelhos aéreos elétricos para desobstruir o trânsito urbano. O sistema se basearia em uma espécie de “carros voadores”. Esses equipamentos, de decolagem vertical, ficariam a meio caminho entre veículos voadores e mini-helicópteros, nos quais, segundo o Uber, já trabalham “mais de uma dezena de empresas”.

“A aviação por demanda tem o potencial de melhorar de maneira radical a mobilidade urbana ao devolver às pessoas o tempo perdido”, argumenta a empresa em um “livro branco” de uma centena de páginas. “Uma rede de pequenos aparelhos elétricos, que decolam e aterrizam verticalmente (…) permitirá um transporte rápido e confiável entre as cidades e subúrbios e, em algum momento, no centro das cidades.”

Os veículos terão propulsão elétrica para não incomodar os vizinhos com o ruído, uma das diferenças com os atuais helicópteros. No futuro, os veículos poderão utilizar tecnologia de condução autônoma “para reduzir significativamente o risco de um erro da pessoa que o opera”.

O carro voador do Uber poderá decolar, aterrizar e abastecer em uma rede de “vertiportos”, que poderão ser instalados no topo dos edifícios de estacionamentos, em zonas que hoje funcionam para helicópteros, sobre terrenos não utilizados, em torno de rodovias ou em simples “vertilocais” com infraestrutura mínima.

A empresa estima que o sistema poderá se tornar realidade “na próxima década” se todas as empresas potencialmente envolvidas colaborarem.

(Com AFP)


Arquivado em:Ciência, Economia

Parteira alemã pega 15 anos de prisão por forçar cesáreas

Posted: 28 Oct 2016 07:20 AM PDT

Uma corte de Munique, cidade no sul da Alemanha, condenou nesta sexta-feira a 15 anos de prisão uma parteira que aplicava injeções de anticoagulantes a mulheres prestes a dar à luz, para forçar cesáreas de urgência. A parteira, identificada apenas como Regina K., foi detida depois de ter sido denunciada por suas pacientes.

O tribunal a declarou culpada por sete tentativas de assassinato e lesões físicas graves, o que, além da pena de prisão, acarretará à parteira, de 35 anos, a inabilitação profissional. Na sentença, o juiz explicou que as vítimas provavelmente teriam morrido se não tivessem sido operadas em caráter de urgência.

Leia também
Kim Jong-un bebeu 10 garrafas de vinho em uma noite, diz ex-chef
Garçom quebra polegar de Vênus de 2.000 anos em museu britânico

Ela era a única pessoa que estava em contato direto com cada uma das pacientes quando os casos ocorreram “naquele que devia ser o dia mais feliz de suas vidas”, aponta a sentença. A Promotoria alemã tinha pedido uma condenação à prisão perpétua, mas o juiz não a aplicou.

(Com agência EFE)


Arquivado em:Mundo

Insatisfeitos, astros do futebol uruguaio desafiam federação

Posted: 28 Oct 2016 07:06 AM PDT

Em uma atitude exemplar, os jogadores da seleção uruguaia vêm travando, há alguns meses, uma batalha contra a própria federação do país. Liderado pelo capitão Diego Godín e pelo craque Luis Suárez, o grupo condena os acordos de patrocínio feitos pela Associação Uruguaia de Futebol (AUF) e exige mudanças. A confusão teve início quando a Nike ofereceu uma proposta cinco vezes maior que a da Puma, atual fornecedora de material esportivo da seleção, para vestir a equipe celeste. Influenciada pela empresa de comunicação Tenfield, intermediária das negociações com a Puma, a federação recusou a proposta da marca americana, causando a revolta dos atletas.

No início do mês, a AUF anunciou a renovação de contrato com a Puma, alegando que a marca alemã igualou a proposta da Nike. Os números não foram divulgados, mas a imprensa local fala em 24,5 milhões de dólares (cerca de 76 milhões de reais) anuais. A notícia, no entanto, não convenceu os atletas. Nesta quinta-feira, Godín, Suárez, Edinson Cavani e outros atletas enviaram um comunicado oficial protestando contra o acordo e proibindo a Tenfield de explorar seus direitos de imagem. "Nosso futebol uruguaio está cada dia mais pobre e necessitado de recursos. Os jogadores locais são os protagonistas desse esporte e, no entanto, são os que mais sofrem com a situação", diz um dos trechos.

Veja também

O caso é mais um exemplo da politicagem que domina o futebol sul-americano. Os contratos são semelhantes aos que a CBF manteve com a Traffic, empresa de J. Hawilla, um dos delatores do escândalo da Fifa, no passado. Parceira da AUF desde 1998, a empresa uruguaia Tenfield pertence a um agente de futebol chamado Paco Casal e tem como um dos sócios Enzo Francescoli, ídolo do futebol uruguaio nas décadas de 80 e 90. É ela quem negocia os direitos de transmissão do campeonato nacional e os patrocínios à seleção celeste.

Isso explica por que os clubes do país, que dependem do precioso dinheiro de TV para se sustentar, sempre se posicionaram a favor do acordo entre a AUF e a Tenfield, inclusive neste caso da concorrência entre Nike e Puma. Os atletas, no entanto, não se calaram. "Temos a mais absoluta convicção de que, até agora, e contra todo critério racional e justo, a empresa intermediária Tenfield teve o monopólio da exploração de todos os ativos pertencentes à AUF, e não permitiremos que essa situação volte a acontecer sem nos posicionarmos", escreveram os jogadores nesta quinta, liderados por Godín.

Uma fato em especial torna a atitude de Godín ainda mais nobre: o ídolo do Atlético de Madri é patrocinado justamente pela Puma, a empresa que sairia prejudicada num possível acordo entre AUF e Nike. Já Suárez é garoto-propaganda da Adidas, maior concorrente da Nike. "Acreditamos que o patrimônio da Celeste tenha que ser vendido diretamente às marcas finais para obter a maior renda possível e gerar os recursos que nosso futebol merece", diz outro trecho.  Além de proibir a exploração de suas imagens, os atletas exigiram uma reforma no estatuto da federação.


Arquivado em:Esporte

Desempenho no Brasil prejudica resultado da AB Inbev no trimestre

Posted: 28 Oct 2016 06:45 AM PDT

A Anheuser-Busch InBev, maior cervejaria do mundo, divulgou um de seus trimestres mais fracos em anos. Atraso nos aumentos de preços, operações de hedge (proteção) cambial e vendas menores no Brasil por causa da recessão afetaram o resultado.

O lucro da companhia no terceiro trimestre caiu 2%, para 4 bilhões de dólares, abaixo da média de previsões de analistas de 4,43 bilhões de dólares, segundo pesquisa da agência Reuters. Foi o primeiro declínio anual desde que a AB InBev foi formada com a aquisição da Anheuser-Busch pela InBev, em 2008.

A fabricante de marcas como Budweiser, Corona e Stella Artois também cortou previsão para o crescimento da receita do ano inteiro, após as vendas caírem pelo quarto trimestre consecutivo em seu segundo maior mercado, o Brasil. “A maior parte de nossos mercados apresentou resultados sólidos. No entanto, esses resultados foram negativamente impactados por um trimestre muito fraco no Brasil”, disse o diretor financeiro da empresa, Felipe Dutra.

Desse modo, a cervejaria com sede na Bélgica já não espera que a receita de 2016 no Brasil fique estável e reduziu a previsão geral para o faturamento por hectolitro para crescimento em linha com a inflação ante uma previsão anterior de alta acima da inflação.

Ambev

A fabricante de bebidas Ambev registrou lucro líquido 3,2 bilhões de reais no terceiro trimestre, crescimento de 3,6% em relação ao desempenho apresentado no mesmo período de 2015. “O terceiro trimestre provou ser o mais difícil trimestre de um ano já muito desafiador”, afirmou a companhia, acrescentando estar “profundamente desapontada” com a queda de Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) no Brasil, de 31,3% no terceiro trimestre, que pressionou o resultado consolidado.

A receita líquida de cerveja no Brasil da empresa caiu 5,3% e sua média de participação de mercado no período diminuiu em relação ao ano anterior, embora tenha tido melhora ante o segundo trimestre, disse a Ambev, afirmando que retornou ao seu intervalo histórico de participação de mercado e ao melhor nível de participação de mercado no ano. Às 11h30, o papel da companhia caía 2,82% na Bovespa, a 18,93 reais.

A Ambev afirmou ainda que prevê que o custo de produtos vendidos no Brasil, seu principal mercado, cresça entre “um dígito médio e um dígito alto no ano”, algo em torno de 5% a 9%, e que as despesas gerais e administrativas no país subam “um dígito baixo” este ano.

Os investimentos do grupo no Brasil devem encerrar o ano em patamar menor que o de 2015. Nos primeiros nove meses do ano, a Ambev investiu no país 1,4 bilhão de reais.

Na visão de analistas do UBS, investidores devem ficar desapontados com o resultado e devem estar interessados em ouvir mais sobre os planos da Ambev para compensar as dificuldades em relação a custos e demandas.

A companhia disse que vem impulsionando iniciativas dentre suas plataformas comerciais, buscando fortalecer o negócio de maneira estrutural.

(Com Reuters)


Arquivado em:Economia

Marisa Orth, 53, e sua “selfie rara” de maiô

Posted: 28 Oct 2016 06:38 AM PDT

“Palco, tela e vida real. Obrigada sempre!”. Assim é a descrição do perfil da atriz Marisa Orth no Instagram, onde soma a marca de aproximadamente 10.000 seguidores – ainda uma fração do volume conquistado por muitas colegas globais de menor fama. Ali, as postagens também diferenciam Marisa de boa parte da constelação global. As fotos, sem muita pose e produção, a distanciam das blogueiras e a aproximam das pessoas comuns – “vida real”, ela havia avisado no resumo.

Selfies solitárias são incomuns. Há uma semana, decidiu abrir a conta na rede social, antes restrita aos amigos. “É uma maneira de me aproximar do público.” Postou sua foto de maiô, sob a legenda “Selfie rara. Manhã na Barra”, bem vida real, com a bagunça do café da manhã ainda sobre a cômoda. “Achei que fiquei bem na foto. Me deu um acessozinho de vaidade”, explica, por telefone. “Mas é um maiô inteiro, não tem nada de mais, não estou nua.”

Com 53 anos completados neste mês de outubro, ouriçou os seguidores. “Uau, parece que está com 33 aninhos, deixa qualquer novinha no chinelo”, escreveu um. “Não é à toa que você é minha capa favorita da Playboy“, comentou outro. Na versão brasileira da revista, estampou a sexta edição mais vendida da história, com 835.000 exemplares (sorry, BBBs) e foi uma das poucas a figurar tanto na capa quanto na entrevista. Depois do efeito com tão pouco esforço, mostra que segue apta aos dois espaços.

Instagram Photo


Arquivado em:Entretenimento

Justin Timberlake: ‘Só Tom Cruise é feliz como um Troll’

Posted: 28 Oct 2016 06:23 AM PDT

Como os Legos, os Trolls, bonequinhos de cabelos coloridos, sempre em pé, criados na Dinamarca nos anos 1960, agora viraram animação. Em Trolls, dirigido por Mike Mitchell e Wal Dohrn, eles são criaturinhas permanentemente felizes, que cantam, dançam e se abraçam de hora em hora. A líder é a eternamente otimista princesa Poppy (voz original de Anna Kendrick, a ex-The Voice Jullie no Brasil). O único que não embarca no jogo do contente é Tronco (dublado por Justin Timberlake, o ator Hugo Bonemer), um Troll cinza e paranoico que teme o mundo exterior, especialmente os Berguens, monstros que só são felizes quando comem Trolls. Mas os Berguens perderam o rastro dos Trolls há duas décadas. O problema começa quando Poppy resolve dar uma tremenda festa para comemorar a paz e ela acaba atraindo a atenção da Chefe (Christine Baranski), que invade a Cidade dos Trolls e sequestra alguns habitantes para servi-los num banquete e agradar ao atual rei, que nunca comeu um Troll e, portanto, nunca foi feliz. Desafiando toda a lógica, Poppy resolve resgatá-los. Tronco, apesar da rabugice e do medo, ajuda a princesa.

O filme é, como se espera, cheio de cor – em dado momento, os Trolls se juntam para formar uma peruca multicolorida. Também há uma brincadeira com as texturas, porque a princesa Poppy adora fazer "colagem", ou "scrapbooking", formando desenhos com ajuda de feltro, e um dos Trolls solta pum de glitter. E, como os Trolls adoram cantar e dançar, não faltam números musicais, com canções conhecidas como True Colors, famosa na voz de Cyndi Lauper, e Hello, de Lionel Richie. A produção executiva musical ficou a cargo de Justin Timberlake, que também compôs They Don't Know (em parceria com Max Martin e Shellback), Hair Up (com Max Martin, Shellback, Savan Kotecha e Oscar Holter) e Can't Stop the Feeling (também em parceria com Max Martin e Shellback), que fecha o filme e já virou hit.

Timberlake e Anna Kendrick conversaram com o site de VEJA sobre felicidade e as habilidades especiais dos Trolls, enquanto os diretores falaram sobre a mensagem do filme e como Poppy não é uma princesa tradicional.


Arquivado em:Entretenimento

Como é o trabalho das empresas de recolocação profissional

Posted: 28 Oct 2016 05:46 AM PDT

O termo headhunter é mais familiar aos trabalhadores que pretendem mudar de empresa ou que, após demitidos, procuram seu próximo emprego. Profissionais de headhunting vão em busca dos melhores talentos para as empresas que os contratam – e, por isso, geralmente seu foco está sobre profissionais para cargos de chefia. Menos difundido é o outplacement – mas nem por isso ele é menos requisitado. Nesse serviço, em vez de ajudar uma empresa a identificar um novo executivo ou um talento em potencial, o trabalho é o de ajudar o profissional desempregado a se recolocar no mercado de trabalho.

Em um cenário com taxa de desemprego de 11,8%, atingindo 12 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a busca pelo serviço de recolocação tem crescido, segundo profissionais do setor. As empresas de outplacement ajudam os trabalhadores a elaborar e melhorar atualizar seu currículo para que ele possa ser de fato avaliado pelos contratantes, dá treinamento sobre como se portar em uma entrevista de emprego, oferece palestras de orientação profissional e presta assessoria sobre como se portar e como se comunicar nas redes.

Leia também:
Vaga de emprego: O que postar e o que não postar nas redes?
Desemprego sobe e país tem 12 milhões de desocupados

"Muitas vezes, a empresa que demite apoia o funcionário e contrata empresas para ajudá-lo nesse processo de transição", diz Telma Guido, diretora da Right Management, área da consultoria ManpowerGroup que lida com recolocação. Segundo ela, a empresa presta um suporte para que o profissional tenha preparo para voltar ao mercado. "A estratégia tem que ser consistente, elaborada. Não pode disparar para qualquer lugar."

O sócio diretor da BR Talent, Rudney Pereira Júnior, conta que o candidato também contrata a empresa de outplacement como forma de buscar uma ajuda profissional. "Para ele, é um processo de autodescoberta, de reorientação."

O serviço de recolocação pode ser contratado por qualquer pessoa, mas costuma ser oferecido pela empresa que desligou o funcionário de seu quadro, mas que deseja vê-lo ativo no mercado. Quando se trata do segundo caso, não há custos para o profissional.

O valor a ser pago pelo serviço não segue uma única regra. "Ele varia de empresa para empresa. Isso porque há serviços que podem ser fechados por determinado tempo e outros que podem variar de acordo com a experiência do profissional, por exemplo", diz Pereira. Ele ressalva, no entando, que “não se trata de uma quantia estratosférica”. As empresas de outplacement atendem tanto profissionais de cargos júnior a presidentes de grandes companhias.

 

Com o aumento das demissões, a busca pelos serviços de recolocação tem crescido consideravelmente, afirma Pereira Júnior. "Ainda mais nesses últimos dois anos. Tanto é que a concorrência aumentou, ainda mais de gente que não tem preparo", explica.

Telma Guido, da Right Management, sugere que mais do que uma simples pesquisa sobre quais agências de recolocação deseja contratar, os candidatos visitem essas empresas. Isso dará uma noção mais clara da seriedade e dos recursos disponíveis dessas prestadoras de serviço. “É importante visitar, perguntar sobre a rede de contatos, investigar a fundo. Assim, a pessoa se sentirá mais segura”, diz.

Luís Fernando Martins, diretor da Hays Response, faz uma ressalva: o serviço de outplacement não é garantia de que o candidato será contratado por alguma empresa. "A ideia é justamente preparar o profissional para voltar ao mercado”, diz.

Quanto custa?

Normalmente, a remuneração está baseada no último salário do profissional. O natural é que trabalhadores com menos experiência tenham menos a mostrar – e, portanto, nem tudo o que as empresas de outplacement oferecem será aproveitado por essas pessoas. Assim, elas tendem a pagar apenas uma fatia de seu último salário – de 25% em alguns casos, de 50% em outros, mas o porcentual varia muito.

Para profissionais mais experientes, a tendência – mas não a regra – é que ele precise de mais serviços. Afinal, uma pessoa com muito tempo de casa muitas vezes sequer lembra como se portar em uma entrevista de emprego, enquanto, para os mais jovens, é possível que apenas as dicas sobre como preencher o currículo já bastem. Assim, é possível que esse profissional precise pagar mais que 100% de seu último salário. Se essa pessoa ganhava 30.000 reais por mês, por exemplo, é possível que seu pacote de serviços custe 35.000 – embora, como frisam as agências de outplacement, essa não seja uma regra. O serviço pode também custar muito menos que isso.

A forma de pagamento costuma ser flexível na maior parte das empresas. É possível pagar à vista, parcelar, fazer o pagamento antes de uma eventual contratação ou pagar apenas quando (e se) conseguir o primeiro salário. Tudo é negociável, dizem as agências.

Saiba como contratar os serviços de recolocação

Hays Response – (11) 3046-9800
BR Talent – (11) 3145-7666
Right Management – (11) 2155 2888
Michael Page – (11) 4505-6000


Arquivado em:Economia

Filha da atriz Solange Couto conta que foi estuprada por parente

Posted: 28 Oct 2016 05:46 AM PDT

Há quatro anos, Morena Mariah contou à mãe, a atriz Solange Couto, ter sido vítima de violência sexual com dois diferentes algozes. O primeiro caso aconteceu quando ela tinha apenas 11 anos, com um parente, e o mais recente, com o próprio namorado. A atriz e a filha falaram pela primeira vez sobre o caso em uma entrevista ao jornal Extra, publicada nesta sexta-feira. “Passei por dois episódios de abuso e nenhum dos dois foi com pessoas desconhecidas”, contou Morena.

Segundo a jovem, o primeiro abuso sexual aconteceu dentro da sua própria casa, enquanto a mãe saía para trabalhar. "Minha mãe trabalhava em outro Estado e designou um familiar para tomar conta de mim nos períodos de ausência. Durante esse tempo em que ele ficou responsável por mim, ocorreram os episódios de abuso. Ele morava comigo na minha casa. As pessoas acreditam que estupro só acontece na rua, com um estranho que se aproxima numa rua escura. E não é assim”,disse.

O segundo caso aconteceu quando a jovem já era adulta. "Namorei um rapaz, e ele se aproveitou de um momento em que eu estava embriagada e adormecida para me estuprar. Sexo sem consentimento é estupro. Mesmo que o sujeito que faça isso seja o cônjuge. Demorei algum tempo para entender o que tinha acontecido. E, mesmo após o ocorrido, ele tentou fazer piada do fato de ter feito aquilo. E, como era uma pessoa de minha total confiança, eu tentei esquecer o assunto. Eu demorei muitos anos para conseguir falar sobre isso”, contou.

Solange Couto contou que sabe quem foi a pessoa que abusou da filha, mas que a filha não quer denunciar, pois tem medo. "Fiquei absurdamente indignada. Isso me revolta de tal maneira, porque eu não posso fazer nada, nem justiça, porque a Morena só veio me contar isso anos depois, quando ela já era maior. Então, não tive o que fazer. Me sinto amarrada, de pés e mãos. Não posso chegar na cara da pessoa e dar um murro, nem apontar o dedo na cara e esculachar”, desabafou a atriz.

Morena contou que luta contra a depressão depois dos casos de abuso e que procurou outras pessoas que passaram pela mesma situação e gente ligada ao feminismo para finalmente entender que a culpa não foi dela. "Vivo uma luta diária. O estupro causa um estrago muito grande dentro da gente porque as pessoas colocam a culpa sempre na vítima. Querem saber com que roupa você estava, se você havia bebido, como se qualquer uma dessas coisas pudesse justificar um estupro. Foi muito doloroso para mim, mas a gente não tem do que se envergonhar e não pode se calar", completou.


Arquivado em:Entretenimento

Sabe como limpar uma tela de Van Gogh? Com saliva

Posted: 28 Oct 2016 05:45 AM PDT

O pó é o pior inimigo da conservação de obras de arte e, contra ele, a saliva pode ser um aliado inesperado. Essa é uma das principais revelações do novo áudio-guia sobre a manutenção do museu de arte moderna de Nova York, o Moma, realizada pela artista Nina Katchadourian. Ela se encontrou com especialistas que se encarregam da delicada tarefa de conservar e limpar algumas das obras mais importantes do mundo, expostas em um dos pontos de Manhattan.

A artista descobriu que, entre outras obras, Vaso com Flores, de Pablo Picasso, que está há anos nas paredes do museu, foi limpa com saliva, um método que, embora aprovado por especialistas, surpreende os neófitos. “Sua composição é eficaz por ser 90% água e o resto, composto por outros agentes e minerais”, afirma o especialista na tarefa Anny Aviram, há mais de 40 anos no Moma. “É difícil, às vezes, falar deste procedimento porque tem muitas conotações engraçadas”, reconhece Aviram. Talvez para evitar piadinhas, muitas vezes a técnica recebe o nome de “solução enzimática”.

O método é lento porque ninguém consegue passar oito horas limpando um quadro com saliva. Além disso, nem sempre uma saliva está habilitada para a limpeza — depende do que a pessoa tiver comido.  “Primeiro, passamos um cotonete com saliva e depois outro seco para retirar a sujeira”, explica Anny. Ela limpou o pó de até três Picassos de grandes dimensões com a própria saliva, uma tarefa que levou meses cada um, afirma.

A artista californiana Nina Katchadourian recebeu a incumbência de realizar um áudio guia sobre o museu centrado na conservação das obras e logo após se deu conta de que falaria sobre um elemento central: o pó. “É um elemento de fora do museu, que vem em parte com as 12 000 pessoas que o visitam diariamente. E há o fato de que no final todos nos reduzimos a pó.”

Ao longo de vários meses, Nina teve passe livre para todas as áreas do museu e se reuniu além de com artistas e especialistas, além de encarregados da manutenção e limpeza do edifício. Todos trabalham para que não se vejam afetadas obras tão importantes para o patrimônio artístico mundial como A Noite Estrelada, de Vincent Van Gogh; A Persistência da Memória, de Salvador Dalí; As Senhoritas de Avignon, de Pablo Picasso, ou As Latas de Sopa Campbell, de Andy Warhol.

“O Santo Graal do Moma é se manter em 70 graus Farenheit (21,1 graus centígrados) e 50% de umidade relativa”, conta Nelson Nievas, um dos encarregados de manutenção do edifício. Segundo ele, existe um gerador elétrico para emergências e um plano de urgência caso seja necessário reunir todas as obras em uma sala onde a temperatura e condições conservariam sem problemas, durante dias, as peças.

O museu não poupa em condutores de ar e outros instrumentos para manter na temperatura adequada um enorme edifício de seis andares com vários acessos à rua, ao terraço e com duas cafeterias.  Por todas essas saídas ao exterior entra o pó, assim como outras sujeiras, especialmente através dos visitantes que a cada dia cruzam suas portas. A arquitetura própria do edifico principal do Moma, na Quinta avenida com a rua 53, em Manhattan, faz com que o pó suba para em um “efeito chaminé”, explica o diretor de operações no edifício, Julio Vázquez.

A peça mais complicada de limpar do museu está, precisamente, nas alturas. Trata-se de um helicóptero Bell 47 D1 de 1945 da coleção permanente do Moma e que está pendurado no teto, o que obriga a utilizar quatro vezes por ano um grande elevador, vários braços extensíveis e toneladas de paciência.

A obsessão por evitar que o pó se acumule no museu é tão grande que proliferam entre os empregados várias de brincadeiras internas. Ellen Moody, uma das conservadoras, fez um coelho com nós formados por partículas de pó recolhidas e colocou um laço no mesmo antes de “presenteá-lo” a seu companheiros como lembrança e homenagem ao trabalho.

(Com agência EFE)


Arquivado em:Entretenimento

‘Inflação do aluguel’ para outubro é a menor desde 2012

Posted: 28 Oct 2016 05:05 AM PDT

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou de 0,20% em setembro para 0,16% em outubro, divulgou nesta sexta-feira a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Esse é o menor nível do IGP-M -indicador de referência para o reajuste de contratos de aluguel – desde 2012.

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o IPA-M saiu de 0,18% em setembro para 0,15% em outubro. Na mesma base de comparação, o IPC-M saiu de 0,16% para 0,17%. O INCC-M desacelerou de 0,37% para 0,17%. A variação acumulada do IGP-M em doze meses até outubro é de 8,78%. No ano de 2016, o indicador acumula alta de 6,63%.

Os preços dos produtos agropecuários no atacado caíram 0,79% em outubro, após registrarem queda de 0,65% em setembro, informou a FGV. Já os preços de produtos industriais tiveram alta de 0,53%, mesma variação apresentada no mês passado.

Os preços dos bens intermediários subiram 0,04% em outubro depois de caírem 0,33% em setembro. Já a variação dos bens finais foi de 0,07%, após recuo de 0,25% na mesma base de comparação. Os preços das matérias-primas brutas subiram 0,36%.

O Índice de Preços ao Produtos Amplo (IPA) subiu 0,15% em outubro, depois de avançar 0,18% em setembro. Em doze meses até setembro, o IPA acumula aumento de 9,57%. Em 2016, esse indicador acumula alta de 7,07%.

O resultado do IGP-M de outubro ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, entre 0,12% e 0,35%, e abaixo da mediana de 0,20%.

(Com Estadão Conteúdo)


Arquivado em:Economia

Número de imigrantes mortos no Mediterrâneo é o maior da história

Posted: 28 Oct 2016 05:03 AM PDT

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) informou nesta sexta-feira que 3.930 imigrantes morreram durante a travessia do mar Mediterrâneo em 2016, o mair número já registrado na história. No final de outubro, com ainda dois meses para terminar o ano, o número já é superior ao total de mortes durante todos os 12 meses do ano passado, quando 3.777 pessoas perderam a vida nas rotas marítimas. “Como há muitas buscas e missões de salvamento em andamento, as 3.930 mortes de imigrantes até agora devem aumentar nos próximos dias, quando mais informações emergirem”, informou em nota a OIM.

Os dados da entidade indicam que treze pessoas morrem por dia na região e que os corpos de cerca de 60% dos falecidos não são recuperados. Os números incluem as estatísticas do último final de semana, quando 280 perderam a vida ou desapareceram na travessia, e as 97 vítimas de um naufrágio nesta quinta na costa da Líbia.

Leia também
Termina a evacuação da 'selva' de Calais, maior favela da Europa
ONG denuncia indução de refugiados ao suicídio
Barco com 600 imigrantes naufraga; há mais de 400 desaparecido

O relatório da OIM confirma as estimativas da Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) de que o ano de 2016 já o mais letal da história no Mar Mediterrâneo. Apesar da divergência nos números, a Acnur aponta 3.800 mortos, todos os índices mostram mais vítimas fatais do que em 2014 — quando mais de um milhão de pessoas chegou à Europa pelas rotas marítimas.

A OIM informou ainda que 332.046 pessoas já chegaram a Europa até esta quinta-feira, sendo que 169.524 foram para a Grécia e 157.049 foram para a Itália. Segundo dados do Ministério do Interior da Itália, o número de deslocados que chegou ao país é 12% superior ao registrado no ano passado. Após o fechamento das fronteiras para aqueles imigrantes que iam pela rota marítima até a Grécia, a Itália voltou a registrar um forte fluxo de estrangeiros. A rota até o país, no entanto, é considerada a mais mortal do mundo.

(Com ANSA)


Arquivado em:Brasil, Mundo

Invasores do CT do São Paulo pagam R$ 7,3 mil por danos materiais

Posted: 28 Oct 2016 05:01 AM PDT

Os torcedores que participaram da invasão ao centro de treinamento do São Paulo, no dia 27 de agosto, e foram indiciados pela Justiça depositaram nesta quinta-feira em juízo 7.300 reais para cobrir os prejuízos do clube. O São Paulo alega que eles quebraram o portão do local e roubaram bolas, uniformes e um recipiente para isotônicos.

Embora tenham feito o depósito, os invasores questionam a conta apresentada pelo São Paulo. Dizem que o clube não apresentou provas do prejuízo e, por isso, pedem a apresentação de notas fiscais. Para eles, apenas 2.000 reais devem ser liberados para o clube. Os torcedores tiveram as suas contas bancárias congeladas pela Justiça e só conseguiram a liberação depois do depósito.

A invasão, por integrantes de torcidas organizadas do São Paulo, ocorreu depois de uma derrota do time por 2 a 1 para o Juventude, no estádio do Morumbi, na capital paulista, em partida pela Copa do Brasil. Os treino foi paralisado e Michel Bastos e Wesley foram agredidos. Os atletas estavam no meio do campo e não tiveram tempo de voltar aos vestiários.

Somente depois de 30 minutos é que seguranças particulares do clube e policiais militares conseguiram retirar a torcida de um dos campos, mas o protesto continuou do lado de fora do CT. A diretoria condenou a invasão e as agressões aos jogadores e afirmou que o ato foi uma “manobra de pessoas interessadas em desestabilizar” o time.

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, reafirmou que não há qualquer relação do clube com os torcedores organizados. O rompimento total ocorreu em 7 de julho, dia seguinte aos episódios de violência ocorridos na semifinal da Copa Libertadores, no Morumbi. Antes, o clube ajudava com ingressos, viagens e também com o dinheiro para o Carnaval, admitiu o mandatário são-paulino.

(com Estadão Conteúdo)


Arquivado em:Esporte